Psicoativos, cultura e transcendência na arte de Stephan Doitschinoff

23 de October de 2019 • Exposições, Notícias, Stephan Doitschinoff

Escultura que integra a instalação Interventu-Visão Remota: Morning Glory, relevo sobre livro de parafina

Uma reflexão cultural e estética sobre o papel e a influência de elementos psicoativos na cultura humana é traço marcante do trabalho de Stephan Doitschinoff. Obras que abordam essa temática poderão ser vistas na individual Estaremos Aqui Para Sempre, que a Janaina Torres Galeria exibe de 14 de agosto a 05 de outubro, em São Paulo.

Na instalação Interventu – Visão Remota, por exemplo, que integra a exposição, Ayahuasca, o cogumelo Psilocibe cubensis, o cactos Peyote (Lophophora williamsii) e a planta Morning Glory (Ipomoea) são esculpidos em parafina, como relevo de livros abertos e palmas da mão – uma alusão às origens milenares da relação entre psicoativos e os seres humanos, e também à presença intrínseca desses e outros elementos no cotidiano ainda  hoje, embora privados de aceitação institucional.

Em Cipó dos Espíritos (Ayahuaska), a planta é esculpida em relevo em uma obra feita de  rapadura. Já a tela Jurema Preta com Enteógenos II (2015) integra plantas e fungos na própria figura representada, à maneira de um Arcimboldo lisérgico e tropical.

Stephan Doitschinoff, Jurema Preta com Enteógenos II (2015), Acrílica sobre tela, 122 x 93 cm

Saiba mais sobre a exposição Estaremos Aqui Para Sempre clicando aqui.

Doitschinoff é um artista que não se furta a encarar os grandes temas da aventura humana, sejam religiosos, políticos e comportamentais. Produz uma arte energética e que busca a transcendência – e aí reside outra maneira de enxergar a presença de psicoativos na sua produção.

Em questão, nestas obras, estão a junção de elementos que nos conduzem a um outro estado metafísico e espiritual – sejam sagrados ou profanos, sensoriais ou religiosos.

Perguntamos a Stephan Doitschinoff o papel dos elementos psicoativos na sua arte. Eis o depoimento do artista, a seguir.

Detalhe da instalação Interventu – Visão Remota, exibida pela primeira vez no Brasil

Sobre Interventu – Visão Remota
Plantas, fungos, extratos vegetais e animais, com propriedades psicoativas, estão profundamente arraigados às praticas espirituais, medicinais e ritos de passagem de povos nativos que tiveram sua população cultura marginalizada, dando lugar à lei, cultura e 
tradição do conquistador.Aquilo que é inserido em um livro corre o risco de ser institucionalizado ou imortalizado, seja em um manual de direito, um dicionário ou em um livro sagrado; as publicações têm a propriedade de alçar seu conteúdo ao mainstream, de legalizar ou inserir um novo paradigma na sociedade. O livro como objeto pode representar a lei (dos homens ou de deus), a legalidade, o que é aceito ou que tem o apoio institucional.”

O fungo Psilocybe Cubensis, em relevo sobre mão de parafina.

Sobre os elementos psicoativos

As plantas e compostos psicoativos tem uma influencia enorme no mundo em que vivemos, de certa forma moldaram e continuam moldando de diversas maneiras a cultura e realidade. A mídia muitas vezes faz parecer que essas substancias estão restritas a uma camada da sociedade ou uma subcultura underground, mas na verdade não estão.

A medicina moderna existe, em grande parte, graças a essas substâncias. A guerra moderna da mesma maneira, também não existiria sem essas substancias. Por exemplo: existem inúmeros relatos de diversas épocas que contam que todas as vezes que uma grande guerra se anunciava os governos liberavam o cultivo de papoula em larga escala; não existe guerra sem morfina, e não existe morfina sem ópio.

Elas compõem a base e a fundação da maioria das religiões que hoje são praticadas no mundo. Até mesmo configuração política corre sendo continuamente afetada por essas substâncias, nosso relacionamento com a vida, com a diversão, com a espiritualidade ou até mesmo com o acordar de manhã –  da cannabis ao café, do Xanax ao Stilknox, somos influenciados por
essas substâncias.”

O fungo Psilocybe Cubensis, em relevo sobre livro de parafina, integra a instalação Visão Remota

Plantas e fungos com propriedades psicoativas, como o Peyote,  ganham suportes inusitados

 

 


Veja também